“PEIXES DO RIO – ESCULTURA CRIATIVA” EXPOSIÇÃO COLETIVA DOS ALUNOS DO 12º ANO DO CURSO DE ARTES VISUAIS DA ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO DO ENTRONCAMENTO

SINOPSE

Esta exposição coletiva dos alunos do 12º ano do Curso de Artes Visuais da Escola Secundária com 3º Ciclo do Entroncamento resulta do convite da escola à Câmara Municipal do Entroncamento, no sentido de, mais uma vez, divulgar junto da comunidade local o trabalho desenvolvido pelos alunos da área de Artes Visuais, promovendo a articulação entre a escola e o meio envolvente.

Na sequência do desenvolvimento do Projeto “Eathink 2015 – alimentação local, pensamento global”, e como parte integrante das atividades calendarizadas para o presente ano letivo pela equipa do Projeto Eathink 2015 e Projeto Eco-Escolas, surgiu a ideia de realizar uma exposição de trabalhos dos alunos do Curso de Artes Visuais da Escola Secundária com 3º Ciclo do Entroncamento, subordinada à temática, “Caracterização dos peixes do rio Tejo e artes de pesca – ilustração científica e escultura criativa”.

Enquadrada no referido projeto, a exposição tem como objetivo, a divulgação do peixe do rio como uma das alternativas alimentares à sobre-exploração dos oceanos.

AS OBRAS EXPOSTAS:

A exploração desta temática surgiu de forma a dar continuidade ao trabalho desenvolvido pelos alunos do 10º ano do mesmo curso, na disciplina de Desenho A, que realizaram ilustrações científicas a partir de várias espécies de peixes do rio.

Após esta abordagem realista, impunha-se uma complementaridade, quer através da técnica, quer no modo de reprodução. Assim, sobre a mesma temática, aos desenhos realistas, sucederam-se as esculturas criativas.

Este trabalho, “Invenção de um objeto Tridimensional”, inserido no Módulo 3, do programa desta disciplina, executou-se através da técnica da escultura por construção e assemblagem, associada à pintura (Desenho A – Texturas Visuais).

Às novas técnicas de execução, uma novidade a vários níveis, os alunos, como é hábito, aderiram de forma entusiástica refletida na rápida aprendizagem técnica no tratamento e caracterização das formas tridimensionais.

OS AUTORES

Na escola, estes alunos já conquistaram o seu espaço e reconhecimento, mas esta é uma oportunidade, para mais uma vez, mostrar à comunidade as suas capacidades resultantes do processo de ensino/aprendizagem.

Alunos do 12º ano (2016/17) do Curso de Artes Visuais da Escola Secundária com 3º Ciclo do Entroncamento: Catarina Marques, Beatriz Silva, Carolina Sousa, Carolina Marques, Elma Patrício, Gabriel Mendes, João Esteves, Maria Beatriz Gonçalves, Mariana Martins, Tomás Gomes e Vanessa Diogo.

O Docente das disciplinas de Desenho A e Oficina de Artes, membro da equipa do Projeto Eathink 2015 e Coordenador da atividade, Professor Álvaro Santos

cartaz.peixes

Anúncios

EXPOSIÇÃO COLETIVA “FLORES NA CIDADE” integrada na Festa da Flor

A EXPOSIÇÃO

FLORES NA CIDADE é uma Exposição Coletiva de Artistas Plásticos que representam o Entroncamento, convidados pelo Município desta Cidade à participação no Programa da Festa da Flor, na Galeria Municipal, através da representação plástica sobre esta temática com as suas obras. Foram convidados pela autarquia, ora através da sua associação, Entroncartes, ora em nome individual, num total de 30 participações.

OS(AS) ARTISTAS PLÁSTICOS

Alexandrina Godinho*Alzira Rodrigues*Ana Paula Lopes*Anabela Inácio*Andrey Koval*António Guerreiro*Carolina Baião*David Graça*Delfina Presumido*Delfina Machado*Dina Leonardo Elsa Gonçalves*Fernando Maria*Filomena Serra*Helga Vicente*Inês Zuzarte*Isabel Esteves*Isabel Fonseca*Joao Ferreira*Juca*M.Teresa Santos*Massimo Esposito*Mena Marques*Noémia Serras*Rita Baião*Rodolfo*Rosário Correia*São Matias*Teresa Alves*Walter Reis

 

cartaz Flores na Cidade

Ciclo de Stan-Up Comedy com Fernando Rocha

Fernando Rocha_Cartaz.jpg

Sobre Fernando Rocha

A 2 de Julho de 1975, nasce FERNANDO Alberto Pinto Pereira Alves da ROCHA, no Hospital São João, no Porto. Desde sempre foi uma criança divertida e traquinas, e o seu dom para contar anedotas nasceu logo nos seus tempos de miúdo, onde, nos jantares de família, divertia todos os seus familiares a contar anedotas.

No ano 2000 surge no canal de televisão TVI, o programa “Ri-te Ri-te”, um concurso para contadores de anedotas. O Fernando era nesta altura eletricista de construção civil, casado há pouco tempo e com um filho a caminho. Apresenta-se a concurso e vai ganhando as diversas eliminatórias, até que chega à final e sagra-se o vencedor absoluto do programa.

Depois destas peripécias televisivas, Fernando Rocha arranja um emprego melhor e vai trabalhar para a empresa EMF da CP. Aí conhece um colega que o convida para atuar no bar do seu filho, na Praia da Madalena (em Gaia), o Bar Tic-Tac. A experiência é um sucesso enorme, com casa cheia, todas as quintas-feiras à noite. Por força desse mesmo sucesso, é gravado um CD ao vivo com a atuação do Fernando Rocha no Bar Tic-Tac. O disco é um fenómeno de popularidade e do nada, rapidamente atinge as 10.000 mil cópias vendidas.

Por força destas vendas e muito mais através de pirataria, sobretudo dos estudantes universitários, Fernando Rocha fica cada vez mais conhecido pelo seu talento e humor.

(…)

Fernando Rocha está a tirar o Curso Superior de Teatro e Representação na ESAP – Escola Superior Artística do Porto.

Paralelamente a tudo isto, continua a atuar regularmente por Portugal com diversos tipos de espetáculos humorísticos: Show de Anedotas / Stand-Up e Rábulas Humorísticas. Percorre o país inteiro de norte a sul, do interior ao litoral e as ilhas da Madeira e Açores. O Fernando Rocha tem um carinho muito especial pelas comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo, tendo já atuado na África do Sul, Alemanha, Andorra, Angola, Bélgica, Canadá, Córsega, Estados Unidos da América, França, Holanda, Inglaterra, Kosovo, Luxemburgo, Moçambique, Mónaco, Suíça e Venezuela.

Em 2014 comemorou 15 anos de carreira.

Em 2015 saiu para o mercado o CD + DVD editado pela Espacial “Fernando Rocha 15 Anos de Carreira Live no Pavilhão Rosa Mota, Porto”, editado pela com Marco Horácio, Roscas & Estacionâncio, Francisco Menezes, Hugo Sousa, Pedro Neves, João Seabra, Miguel 7 Estacas e Rui Xará.

Em 2017 prepara-se para visitar novos países e continuar a divertir o seu público, que ele tanto adora e muito o tem apoiado.

—–             ———————————————————————————————–          ——-Bilhetes 7.5 € no Posto de Turismo, Piscinas Municipais, Serviço de Águas da Câmara Municipal e na bilheteira do Centro Cultural no dia do espetáculo uma hora antes (caso não esgotem anteriormente)