ENSEMBLE ACOUSTIC SESSIONS – 3º CICLO DE JAZZ DO ENTRONCAMENTO

Continue reading ENSEMBLE ACOUSTIC SESSIONS – 3º CICLO DE JAZZ DO ENTRONCAMENTO

Anúncios

EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA “A MÁQUINA DO MUNDO” DE ANA RITA E AMIGOS

Sinopse

Das tantas palavras que uma imagem denuncia, eis porque o desenho do olhar impresso, outrora riscado e decalcado, pode em si contar uma história. Imaginemos várias imagens e suas histórias a acontecerem; como na carruagem do comboio, de estação em estação, a viagem acontece de um ponto ao outro, de partida e de chegada. Depois, qual tecelão que passando o fio faz novo caminho, eis que percebe do achamento e resolve seu pano pronto.

“Máquina do Mundo” é a fotografia apalavrada de Ana Rita que convida os Amigos para juntos contarem da memória coletiva. Foi resgatada e, do impacto do território na viajante e seu processo transformador, nasce a narrativa: desde a nascente – do vulcão, na Ilha do Fogo/Mosteiros e do comboio, no Entroncamento – até ao vislumbre do advir.

Gosta da expressão do filme “Avatar” – “Eu vejo-te” – e é assim que cumprimenta todos aqueles que aqui recebe.

BIOGRAFIA

Rita Mendes Pereira, licenciada em Ciências da Educação, pela Universidade de Coimbra, Pedagoga, Animadora Sociocultural, ora Curadora, nos Serviços Culturais da Câmara Municipal do Entroncamento desde 1991, tem exercido ao longo do tempo funções de gestão e programação, criação e curadoria. No campo da Educação desenvolveu projetos de motivação e promoção da leitura e cidadania executando oficinas e formações com os agrupamentos de escolas da Cidade do Entroncamento e da região de Santarém, elaborando projetos, como o “Poeta de cor” que foi selecionado no Manual de Boas Práticas da Anaced(Ajuda), contou entre outros, com 1ºs Prémios de Contadores de Histórias em Constância e de Fotografia no âmbito da disciplina de Filosofia, na Escola Secundária do Entroncamento. Foi colaboradora em jornais e revistas e fez um Curso (MOOC) de Escrita Criativa, na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Membro da direção de algumas associações de âmbito educativo, juvenil, social e cultural do Concelho do Entroncamento. Neste momento, integra projetos de ação sobre a temática da Economia Solidária, tendo em vista o desenvolvimento bioecológico. Insiste em testemunhar as suas vivências e gosta das palavras “ponte” e “estafeta” e “trabalho”.

ana rita sobre ana rita

Sob “!(…) esta perceção de sempre incompleta plenitude (…)”no vínculo à vida, eis-me pronta a participar, fortalecida, na razão, na reflexão, na intenção, na decisão, na ação e no poder ser alguém que, no que faço, possa trazer conforto, alegria e motivação positiva ao outro, de modo a formar e transformar as pessoas e a mim própria nos lugares e nos tempos por onde aconteço.