Exposição de Pintura “HOMENAGEM AO IMPRESSIONISMO”

Exposicao

“Na rota dos pintores – Homenagem”

“Desde muito cedo que me senti atraída por obras de arte, principalmente por pintura, e uma paixão muito especial pelas pinturas impressionistas.

Durante a minha vida profissional o tempo para dedicar à pintura foi pouco. Após o termo da minha vida profissional, decidi dedicar-me à minha paixão de sempre, a pintura, e logo procurei ter aulas de desenho e pintura para aperfeiçoar os meus conhecimentos.

Face às minhas preferências artísticas, dediquei-me, desde o início, a pintar uma coleção de quadros de homenagem aos pintores impressionistas que mais aprecio. Entretanto, fui pintando outros quadros sobre outros temas, para exposições coletivas.

O interesse pelos pintores impressionistas levou-me em Maio de 2011 até  Aix-en-Provence onde visitei a casa onde viveu Cézanne em Jas de Boufon. Foi uma sensação muito agradável passear pelos jardins onde Cézanne pintou tantas obras, e logo decidi pintar os locais que Cézanne pintou, como os vi e senti naquela altura.

Ao visitar o seu atelier, foi como se tivesse feito uma viagem à época de Cézanne, foi como se entrasse num “templo”. Ali estavam peças e móveis que o artista pintou, foi como se sentisse a alma do pintor e a sua presença. Para mim era um ambiente mágico.

Percorrendo as ruas de Aix-en-Provence fiquei a conhecer as ruas que ele palmilhou, a casa onde viveu, fiquei, assim, a conhecê-lo um pouco melhor, e a apreciá-lo, ainda mais.

Foi como se tivesse encontrado um amigo que já conhecia há muito tempo, mas que agora me mostrava a sua intimidade, a sua casa, os seus jardins, as suas árvores, o seu local de criação artística. Esta proximidade reforçou, sem dúvida, os laços com Cézanne e a paixão pela sua obra.

Nesta viagem, visitei, também, os locais que Van Gogh pintou e onde viveu (Arles, Saint Remy).

Foi encantador ver a ponte pencil e outros locais que ele pintou. Nesses locais existem hoje cópias das suas obras, o que torna, ainda, mais interessante esta viagem ao mundo da pintura impressionista para quem como eu a aprecia tanto. É como viver um pouco um sonho, e se fechar os olhos, consigo de uma forma surreal viajar até ao mundo da pintura nessa época, qual “Meia noite em Paris” de Woddy Allen.

Aqui fica, então, esta singela homenagem ao impressionismo e aos impressionistas, Cézanne, Van Gohn, Monet e Degas.”

 

Anúncios