Arquivo da categoria: Exposições

Exposições

“Recantos com História” – Isabel Fonseca

cartaz.jpg

SOBRE ISABEL FONSECA

Isabel Fonseca, nasceu em Asseiceira – Tomar. Viveu toda a sua juventude no Entroncamento, residindo atualmente no concelho de Torres Novas.

Com formação na área das artes, lecionou ao longo de quarenta anos as disciplinas de Trabalhos Manuais, Educação Visual, Educação Tecnológica e Educação Visual e Tecnológica.

Desde 2005, frequenta o Atelier de Pintura de Vila Nova da Barquinha, recentemente denominado Centro de Estudos e Arte Contemporânea (CEAC). Desde então, participou em exposições coletivas organizadas pelo mesmo: Galeria de Arte de Vila Nova da Barquinha, Hospital Rainha Santa Isabel, Galeria de Arte do Museu Agrícola de Riachos, Pastelaria Portugal (Torres Novas), Equuspolis da Golegã, Galeria Municipal do Entroncamento, Galeria do Instituto Politécnico de Tomar e Galeria Municipal de Alcanena.

Exposições Individuais: Hospital da Santa Casa da Misericórdia do Entroncamento, Hospital Rainha Santa Isabel de Torres Novas e Pastelaria Portugal (Torres Novas).

 

SOBRE A EXPOSIÇÃO “RECANTOS COM HISTÓRIA”

“Nesta exposição retrato pictoricamente as vilas de Constância e Óbidos, pelas suas características similares que me encantam.

Nelas observamos uma harmoniosa ligação de espaços, recantos e cores, com as suas ruas estreitas e floridas em casamento perfeito com as casas antigas, repletas de história.”

– Isabel Fonseca –

Exposição De Casitas – Rui Louro

casitas _1.jpg

SOBRE SI

Rui Manuel Ferreira Lourenço nasceu em Alcanena a 12 de setembro de 1952. Trabalhador da construção civil, como profissão, sendo a sua arte um reflexo claro do saber fazer de uma vida. Reside em Bugalhos, freguesia do concelho de Alcanena.

Participou em diversas exposições, onde trabalha ao vivo, nomeadamente, na Biblioteca Municipal Dr. Carlos Nunes Ferreira, na Escola Secundária e na Feira de Artesanato, em Alcanena, bem como, no transato, na Biblioteca Escolar da Escola Dr. Ruy d’Andrade do Entroncamento.

SOBRE AS CASITAS

Conhecedor das técnicas de construção, Rui Louro tem um hobbie, dedica-se no seu tempo livre à construção de Casas Rurais em Miniatura. Na imprensa chegam a apelidá-lo como “o Arquiteto” ao falarem da sua “arte da minúcia”.

Recorrendo à pedra, elemento natural da região, elabora as pequenas casas a partir da sua imaginação, sem recorrer a cópias de edificações já existentes. O seu registo artístico, com matriz naif, não procura identificar regiões e, por isso, mistura diferentes estilos e zonas do mundo rural, sendo esta a tónica que o carateriza.

Os pormenores observados na sua obra revelam a preocupação de réplica sobre a realidade. A inclusão de animais demonstra-o. Também, a partir da natureza, onde recolhe materiais diversos (por ex. pedaços de ramos de árvores), para os transformar em escadas, grades de varandas, bancos, portões, janelas e pequenos vasos.

EXPOSIÇÃO DE ESTRELAS DE NATAL DO CONCURSO “NATAL NA CIDADE” 2016 6ª EDIÇÃO

 

estrelas-de-natal

 

Exposição resultante da participação das Escolas, Instituições e Associações do Concelho do Entroncamento, no concurso “NATAL NA CIDADE” 6ª EDIÇÃO. As estrelas são construídas com materiais diversos. São um elemento natalício usado na decoração, com simbologia própria. A estrela de Natal, também conhecida como a estrela de Belém, é colocada no topo da árvore de Natal ou no presépio e ainda há quem a coloque nas portas. Lembra-nos a estrela que guiou os três Reis Magos até ao local onde o menino Jesus nasceu. Ela representa a Luz do Mundo – Jesus Cristo.

As estrelas são simples e fáceis de fazer, podendo ter tamanhos e cores diferentes.

Exposição Documental

Exposição Documental.jpg

Exposição Documental

Entroncamento 1955-1965

A Galeria Municipal do Entroncamento recebe de 24 de novembro a 7 de dezembro, a Exposição Comemorativa do 125º Aniversário do Correio do Ribatejo integrado no Programa das Comemorações do 71º Aniversário da Elevação do Entroncamento a Cidade.

 

 

 

Exposição de Pintura TEMPUS AUTUMNUS

cartaz

TEMPUS AUTUMNUS

EXPOSIÇÃO DE PINTURA DE DELFINA MACHADO

A Galeria Municipal do Entroncamento recebe de 5 a 17 de novembro, a exposição de pintura “Tempus Autumnus”, da autoria da pintora Delfina Machado.

A exposição será inaugurada no próximo sábado, 5 de novembro pelas 17h00 e poderá ser visitada de terça-feira a domingo das 15h00 às 19h00.

Delfina Machado nasceu em 1941. Nos anos 60 nasce para as primeiras luzes das artes plásticas, quando começa a pintar no Negage (Angola). Há cerca de 20 anos voltou a pintar, enquanto autodidata. Ainda na sua formação, participou em cursos de pintura promovidos pelo Município do Entroncamento e frequentou aulas no Ateliê de Ana Paula Caetano, também no Entroncamento, participando numa exposição coletiva do mesmo.

Esta é a primeira exposição individual, onde apresenta parte do acervo da sua coleção particular.

“Tempus Autumnus” expõe-nos o tempo acelerado das cores em transformação, neste prolongado Outono onde o resplendor de todos os tons, no brilho do sol sem chuva, desta vez, insistiu em ficar e, por isso, brilha, brilha muito. Dos vermelhos aos amarelos e laranjas, dos múltiplos verdes aos castanhos frescos e secos. Eis a oferta de Delfina Machado, numa paleta ainda de traço clássico e que lá ao fundo, adivinha novas pinceladas, novos tempos.

O evento é organizado pela Câmara Municipal do Entroncamento, no âmbito do Projeto DEVIR 2016.

 

Inauguração da exposição de pintura “…Do Culto pela Imagem”, da autoria de Walter Reis

WalterReis1(500x287).jpg
Foi inaugurada na tarde deste sábado na Galeria Municipal do Entroncamento, a exposição de pintura intitulada “…Do Culto pela Imagem”, da autoria de Walter Reis, na presença da Vice-Presidente da Câmara Municipal Ilda Joaquim, do Presidente da Junta de Freguesia de São João Baptista e de familiares e amigos do autor.
A exposição poderá ser visitada até 20 de outubro, de terça-feira a domingo das 15h00 às 19h00.