Arquivo da categoria: Programação

Programação Cultural

Espetáculo com o grupo “Vozes da Rádio”, inserido nas comemorações do 25 de abril

Vozes da Rádio

As “Vozes da Rádio” são um quinteto vocal formado em 1991 na cidade do Porto. Desde essa altura cantam acappella os mais variados estilos musicais.
Em 1994 gravaram pela primeira vez no álbum de homenagem a Zeca Afonso “Filhos da Madrugada” onde interpretaram “Índios da meia praia”.
Desde 1995 gravaram oito trabalhos. “Bruxas, Heróis de Males d’Amor” (1995), “Mappa do Coração” (1997), “Mais perto (uma produção comunicativa) ” (2001), “O som maravilha dos Senhores” (2002), “Natal” (2003), “Mulheres” (2005), “7 e Picos, 8 e Coisa, 9 e Tal” (2007) e “Pérolas e Porcos” (2009).
No seu curriculum, além de centenas de concertos por todo o país, ilhas e Macau, têm igualmente várias participações em discos e espectáculos de outros artistas portugueses: Gaiteiros de Lisboa, Ala dos Namorados, Rui Veloso, Delfins, Clã, Sara Tavares, Rui Reininho ou Mafalda Arnauth são alguns dos exemplos de colaboração.
O seu som aliado ao humor e à boa disposição são a sua principal característica e que faz deste quinteto uma dos mais originais projectos musicais de Portugal.

Caminhos do Ferro 2018 – programação do Entroncamento

O Programa “Caminhos do Ferro 2018” é uma programação cultural em rede no Médio Tejo, na qual se insere o Entroncamento. Também fazem parte outros Municípios: Abrantes, Constância, Mação, Tomar e VN da Barquinha.

Irá decorrer de 13 a 15 e de 20 a 22 de abril, com várias atividades de música, dança, teatro, novo circo e percursos artísticos.

Cartaz Caminhos

EXPOSIÇÃO DE PINTURA GENESIS 4.18 “WORLD MIRROR” DE SANSÃO VITORINO

foto cartaz_Sansão Vitorino

O Município do Entroncamento apresenta na Galeria Municipal, entre os dias 31 de março e 12 de abril, a exposição de pintura Genesis 4.18 “World Mirror”, do pintor Sansão Vitorino.

O artista define-se como autodidata, observador das imagens oferecidas pela natureza que o rodeia e imaginativo quanto àquelas imagens naturais que não vê, como nos afirma “…porque imaginamos que em algum ponto, em algum Mundo, no nosso Universo ou mesmo paralelo, imagens que estarão a espelhar alguns dos ambientes mais imaginativos conhecidos na nossa própria natureza.”

“World Mirror” apresenta segundo o artista“…vários trabalhos em que mostro com óleo sobre tela as fotos que nascem e se criam dentro da própria mente.”

Sansão Vitorino já realizou várias exposições individuais, nomeadamente na Galeria Municipal, onde regressa, desta feita com novos trabalhos.

Esta exposição é dirigida ao público em geral, é de entrada livre e estará patente de terça-feira a domingo entre as 15h00 e as 19h00.